20
- agosto
2019
Como estudar em uma universidade americana?

Muitos jovens que resolvem buscar informações sobre como ingressar nas universidades norte-americanas às vezes chegam com a pergunta: “Que nota preciso tirar para entrar em Harvard?”. Infelizmente – ou felizmente –, o processo de seleção nos Estados Unidos é um pouco mais elaborado. Enquanto no Brasil o único critério de seleção de quase todas as universidades é a nota do vestibular ou Enem, lá o candidato precisa cumprir alguns requisitos, que geralmente são avaliados em conjunto. E esse método de avaliação vale para todos, inclusive para candidatos estrangeiros.

As notas do ensino médio do aluno (incluindo também o nono ano) são o primeiro requisito objetivo considerado no processo de admissão para universidades americanas. Elas serão convertidas para o sistema americano, chamado GPA (Grade Average Point), em uma escala que vai de 0 a 4. “Os alunos que frequentam o High School contam, nesse aspecto, com um diferencial, pois já vivenciam, na formação internacional com dupla certificação, a prática do idioma inglês e algumas disciplinas do currículo americano”, comenta Cristina Ferreira, coordenadora do Programa de Ensino Internacional no Colégio Morumbi Sul.

Outro requisito exigido por universidades estrangeiras são as notas nos exames avaliatórios padronizados: o SAT ou o ACT. Os dois exames têm a mesma função do ENEM no processo seletivo das universidades americanas: medir o conhecimento do estudante em áreas específicas. Para alunos internacionais cuja língua não seja inglesa, o TOEFL, exame de proficiência em inglês, é outro requisito objetivo necessário no processo de admissão e avalia as questões  relacionadas a reading, listening, writing e speaking.

Os processos envolvem, entre outros itens, uma carta de recomendação da escola, atividades extracurriculares do candidato (esportes, trabalho voluntário, manter um blog ou até mesmo dançar).

Outra dica importante é recorrer ao trabalho de uma mentoria, serviço realizado por algumas empresas especializadas em ajudar o aluno a se preparar para ingressar em uma universidade estrangeira. A experiência de quem entende do assunto pode ser determinante para ajudar o aluno a e definir a melhor universidade possível, de acordo com seu perfil como estudante.

No Colégio Morumbi Sul a certificação internacional é feita pela provedora americana, ASI – Advantages School International, que mantém uma parceria com a Universidade de Nevada. De forma exclusiva, os alunos do High School têm o seu diploma reconhecido pela instituição e já contemplam alguns dos requisitos válidos para aplicação em seus cursos de graduação.

No próximo dia 29 de agosto, às 10h, o Colégio Morumbi Sul promoverá um encontro com Mike Murry,  pró-reitor da University of Nevada, no Reno, que falará obre o tema e responderá perguntas dos pais e alunos. As dúvidas podem ser enviadas, antecipamente, para faleconosco@morumbisul.com.br .


Deixe uma resposta